terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Ainda ando por cá!



A minha relação com este blog parece ser muito semelhante à que se tem numa relação de amizade. Creio não ser só eu que quando estreito os laços de amizade com alguém e a encontro muitas vezes tenho sempre coisas novas a contar e a ouvir. Tudo, o fait-divers mais corriqueiro é tema de conversa e de troca de opiniões. Aliás esta relação nota-se bem na adolescência, recordo que depois de tardes passadas com uma grande amiga ao chegar a casa corria para o telefone porque entretanto me tinha lembrado de mais uma coisa importantíssima para lhe contar.
Mas, quando nos afastamos um pouco, essas conversas passam a ter outro peso e de nos vemos de mês a mês só falamos de «coisas importantes» o que reduz radicalmente os temas.
E, claro está, também a ‘culpa’ também pode ser o facto de entretanto começarmos a ter um relacionamento com outro amigo... Essas conversas-sem-importância passam então a ser com ele.
.................
Digo isto porque reparei que deixei o Cerejas abandonado há mais de 8 dias. (Ups! afinal foi quase há 15 dias!!!) Coitadinho.
É a tal coisa. Dantes achava que «tudo-dava-um-post» como eu dizia. E era mesmo. O mais pequeno acontecimento me sugeria um comentário, uma observação, uma nota. Durante anos escrevia 3 ou 4 posts por dia e tinha de me refrear porque como dizia o António Silva quando ligava o botão abria o editor de mensagens isto era uma torneira a deitar água! :)  Era a época da tal amizade de adolescente. Bom...
Claro que quando me atraso um pouco a bola de neve começa a crescer. E, como no exemplo, as coisas mais corriqueiras parece não serem dignas de serem aqui abordadas, só temas sérios. Fica tudo baralhado, então!
E, ainda por cima, apareceu outro amigo com quem converso todos os dias, o facebook. Os comentários curtinhos ficam para lá o que reforça este 'abandono'.
Mas não pode ser. O Cerejas é o meu amor mais antigo, herdeiro de outros blogs a quem dediquei muito tempo a me deram muito prazer. Não o posso abandonar!
Está decidido.
Vou voltar com muito mais assiduidade.
Atélogo.







Pé-de-Cereja

6 comentários:

Joaninha disse...

BEM|||||||
Até que enfim. Estava a ficar muito desapontada e a imaginar o pior.
Ainda bem que é só falta de estímulo e não falta de saúde.
Um abraço

meri disse...

Ainda bem!
Eu ando pouco assídua, mas por outros motivos. Mas vou lendo sempre os meus favoritos no google reader, sempre que metem um post
Um abraço!

fj disse...

Cá te esperamos fj

pé-de-cereja disse...

Olá a todos!
Pois não Joaninha, é uma ite mas chamada preguicite, nada de cuidado :)
Méri, também sei que passas aqui levemente como a neve, mas vais passando. Sei que, felizmente, há quem cá venha sem comentar - tenho uma grande amiga que sei que lê sempre que escrevo (mando-lhe sempre o link) e talvez tenha deixado UMA vez um comentário...
FJ, tu também és um preguiçoso! Mas vá lá que sempre deixas um sinalzinho :)

if disse...

Emièle, concordo com este 'peso na consciência'. Não está certo abandonar-se um amor antigo e profundo por uma paixoneta tão ligeira e fagueira como é o facebook

pé-de-cereja disse...

Querida IF, tens tanta razão.
São mesmo coisas diferentes, mas como o outro é mais rápido ... Acontece muitas vezes pensar em falar de uma coisa mas como já falei lá, desisto. Hoje foi uma excepção, ontem chamei a atenção mas depois apeteceu-me 'desenvolver' e saiu o post de hoje :D